Tutorial de bainha de kydex

Como prometido, aqui está o tutorial de bainha de kydex.

Estas bainhas são muito práticas e relativamente simples de fazer. Uma vez que voce se acostume com os processos básicos descritos aqui, pode partir para coisas mais complexas e ousadas. Se sua primeira bainha sair meio disforme, não se preocupe pois voce sempre pode moldá-la de novo até atingir um formato satisfatório. Cada cuteleiro tem seu próprio jeito de fazer bainhas de kydex e vale a pena fuçar outros tutoriais na net – voces vão encontrar alguns em ingles – pois dá pra aprender alguma coisa com cada um deles.

Antes de começarmos, vamos falar dos fornecedores deste material. Nos EUA, ele é enconrado em quase todos os suppliers como a Texas Knifemakers Supply ( www.texasknife.com ), um dos meus favoritos, que também vende o hardware necessário para a confecção das bainhas (tekloks, Chicago screws, etc), embora para bainhas mais simples voces podem simplesmente embrulhar o kydex na peça, não sendo necessários rebites ou parafusos. Recentemente, comecei a adquirir meu kydex da Harva Plastics (www.harva.com ), que tem ótimos preços e um serviço impecável, mas é um fornecedor de plásticos, então não estoca o harware da bainha. No caso da bainha que faremos neste tutorial, são usados apenas ilhozes facilmente obteníveis no mercado nacional. Voces também vão precisar de uma prensa para colocá-los, mas é tudo bem barato. No site Silveira Knives ( www.silveiraknives.com.br ) estão disponíveis folhas de kydex por um preço consideravelmente mais alto, mas ainda assim o material é barato e com a comodidade de já estar no Brasil, então quem quiser uma ou duas folhas tem aí uma boa opção.

Bem, vamos começar:

Primeiro, pegue a folha de kydex, uma régua, um lapis e uma tesoura dessas de cortar folha de metal.

Calcule o tamanho do kydex a ser usado deixando cerca de 3/4″  de borda lateral e cerca de 1/2″ de excesso na ponta. No caso desta faca, o calculo é:

largura da faca 1 1/4″ + borda de 3/4″ = 2″ x 2 = 4″ de largura

Comprimento  da faca 4 1/2″+ 1/2″ de borda da ponta = 5″

Note que eu também marquei uma tira de cerca de 3″ x 1 1/4″ acima deste quadrado. Ele será usado para fazer o passador da faca.

A peça já cortada. Para cortar o kydex se usa a tesoura, uma serra de fita ou mesmo uma ponta de faca afiada, mais ou menos como se corta couro. Como estamos fazendo uma bainha para uma faca fina, com cerca de 3mm de espessura, não precisamos considerar esse detalhe, mas para peças mais grossas a regra é de mais ou menos a metade da espessura – caso a faca tivesse 1/4″ de espessura, somariamos 1/8″ à largura do kydex a ser cortado. Lembre-se que é melhor deixar sobrar do que faltar quando estiver cortando!

Uma vez cortado o materal, deve-se acertar as bordas, o que é bem mais fácil numa lixadeira, mas pode ser feito com uma lixa 120 ou uma lamina afiada. Isso não é o acabamento final mas ajuda no resto do processo.

Agora começamos a moldagem usando uma lampada de jardim comum. Voce pode aquecer o kydex com um soprador térmico ou até mesmo água quente – vai dos recursos que voce tiver à mão.

Proteja todas as partes da bainha exceto uma faixa de cerca de 1/2″ no seu centro, por todo o seu cumprimento. Deixe de fora também a tira que vai se tornar o passador. Leva um tempinho pro material aquecer até a temperatura de moldagem, mas nada de sair tomar cafezinho nessa hora! Se o kydex esquentar muito, pode ficar parecido com um torresmo, sem falar no cheiro!

Usando o mesmo processo para só aquecer a base da tira do passador, a dobramos para trás. Vamos trabalhar nela depois mas agora precisamos simplesmente tira-la do caminho.

A sua bainha vai estar assim, vista de trás:

Agora marcamos o perfil da lamina e uma lina entre o fio e a borda do kydex. Vai ser aí onde vamos colocar os ilhozes. Para uma faca deste tamanho, tres ilhozes são o suficiente. Deixe sempre o primeir a cerca de 1/2″ da boca da bainha para tensionar esta parte e o último a mais ou menos a mesma distancia da ponta, embora isso não seja tão importante. Distribua os ilhozes restante proporcionalmente entre esses dois.

Usando uma broca de 1/4″, fazemos a furação. O kydex tende a deixar muita rebarba, então os furos tem de ser limpos com a ponta de uma lamina afiada.

Agora colocamos os ilhozes com a prensinha.

E a bainha vai ficar assim, pronta para moldar:

Agora aquecemos a bainha novamente, desta vez a face toda, colocamos a faca dentro dela e usando uma prensa tipo porta fazemos a moldagem. Se a faca em questão tivesse um acabamento mais refinado, seria ineressante cobri-la com fita isolante (use aquela bem larga, no sentido do comprimento). Voce provavelmente não vai ter uma prensa, então use um pedaço de EVA da consistencia de uma sola de sandalia Havaiana ou um pouco mais dura colada num pedaço de madeira para prensar que vai funcionar do mesmo jeito. Na parte de baixo, use outro pedaço de madeira lisa para apoiar a bainha e dar espaço para a empunhadura da faca, que fica de fora. Para pressionar é fácil: ajeite tudo no lugar e suba encima! Conte até 60 e pode descer que a bainha está moldada.

O resultado:

Corte as bordas da bainha com a tesoura de folha.

Agora aquecendo somente a sua base, vamos levantar aquela tira que deixamos no dorso da bainha e que vai se transformar no passador do cinto.

Notem que eu marquei um X no meio da bainha. Como esssa bainha é feita para ser usada no cinto, não há necessidade de uma aba que prenda a faca dentro dela, mas é bom colocar um pouco de pressão extra, então eu aqueço aquela parte e usando a ponta do dedo, crio uma depressão com cerca de 1/8″ de profundidade. Cuidado para não queimar seu dedinho sensível nesta complexa operação! Depois que voces desenvolverem patas de cuteleiro isso não será mais problema.

O resultado. Dá pra usar esse truque toda vez que uma bainha estiver chacoalhando ou folgada.

Note que eu já havia feito a moldagem do passador, que é bem simples: Basta achar um pedacinho de madeira de cerca de 2″, dobrar a borda inferior em volta dele e depois dobrar a aba no seu lugar.

Agora damos acabamento à borda da bainha, processo que pode ser feito passando na lixadeira e depois polindo na roda de pano ou com a tesura de fola para cortar a borda o mais próximo possível do resultado final e uma lixa de grana 120 para dar acabamento manualmente. Aqui esta o resultado do nosso projeto:

Como voces viram, é um processo simples que só requer um pouco de prática. Comprem seu kydex, façam a primeira e  rapidinho voces vão estar fazendo bainha até pra escova de dentes!

Qualquer questão é só escrever ( ivan@ivancampos.net ) ou telefonar (15-97120993).

Boa sorte no projeto! Agora quem vai pagar a cerveja??? Eu estou merecendo, né?

Obs.: Todo o processo é bastante seguro mas caso alguém consiga se machucar, eu não me responsabilizo, entendido?

Observação: Quase cinco anos depois, este tutorial ainda pé muito lido e eu torço para que ele tenha sido util mas infelizmente, pessoal, ainda não há, que eu saiba, fornecedores de kydex no Brasil.

A melhor dica para quem quer adquirir o material são os fornecedores de matérias´primas especializados em Cutelaria ou os vendedores do E-bay, que costumam ter um preço melhor.

 

Anúncios

Sobre ivancampos

Mim faiz faca, mim bebe cerveja!
Esse post foi publicado em Geral e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

28 respostas para Tutorial de bainha de kydex

  1. Antônio Maurício Albuquerque disse:

    Ivan,

    Parabéns pelo tutorial. Ficou bem didático.
    Me conta uma coisa: o Kydex aceita alguma outra forma de prender que não seja o ilhós? Tipo cola? Costura? Soldagem?

    Abraços,

    Maurício

    • ivancampos disse:

      Obrigado, Mauricio
      Respondendo sua pergunta, ele pode ser parafusado (parafuso macho/femea ou Chicago), rebitado e já ouvi dizer que aceita cola de PVC, mas nunca testei. Deve aceitar pois ele é um tipo de PVC, afinal.

  2. Raquel Grecco disse:

    Ivan, bom dia!

    Por favor, voce pode me fornecer o telefone de fornecedores de Kydex no Brasil?

    Obrigada!

    Raquel Grecco

  3. Ivan,
    Parabéns mesmo.
    Preciso do fornecedor aqui no Brasil. Desde já agradeço!
    Moisés Cavalcanti

    • ivancampos disse:

      Olá, Moisés

      O Kydex é um produto da GE, até onde eu sei, e não há nenhum repreentante do material aqui no Brasil. Voce pode querer entrar em contato com o fabricante pelo seu site, http://www.kydex.com para obter mais informações.

  4. Fernando disse:

    Ivan,
    Excelente iniciativa! Você poderia me enviar os contatos dos fornecedores de Kydex aqui do Brasil e do exterior?
    Grato,
    Fernando

  5. Prezado Ivan, estou iniciando na cutelaria e uso bastante seus artigos, Parabéns.
    Pode me indicar onde consigo comprar o kydex e material para empunhaduras tipo micarta e outros.

  6. Paulo Henrique Freire disse:

    Ivan, o tutorial foi execelente pra mim que gosto do “faça você mesmo”, só fiquei com uma dúvida. Ví nos sites que você indicou que o kydex tem várias expessuras, como escolher a certa, pelo peso da faca? pelo tipo de uso?
    Tenho uma Fallkniven WM1 que veio com o novo modelo de bainha em nylon e que para usar como necknife em pescaria não é a melhor opção, então comecei a pesquisar para fazer uma cópia do modelo antigo que era de kydex, compacta do jeito que quero.
    Desde já agradeço,
    Paulo Henrique

    • ivancampos disse:

      Olá, Paulo Henrique

      Normalmente, são duas espessuras as usadas para bainhas, .060″ e .090″. Voce também pode usar mais grossas mas elas são mais difícies de moldar.Uma opção, mas que não é necessária no caso dessa baina que voce quer fazer, é usar a chapa mais grossa na parte de trás, quando esta é plana, e moldar só a parte da frente. Qualquer dúvida, me escreve.

  7. everardo disse:

    que isso mano, exelente tutorial, vlw memo.

  8. John Heksel disse:

    Nobre amigo! Excelente tutorial.
    Poderia me informar qual a espessura desse Kydex, 0.60, 0.80 ou 0.90?
    E qual foi a bitola do ilhoses (eyelet) utilizado?
    Desde já grato!

  9. John Heksel disse:

    Ivan. Aproveitando o ensejo e abusando um pouco mais do seu conhecimento.
    Saberia dizer qual a temperatura ideal se caso eu utilizar um forno elétrico para moldar o Kydex?
    Pelo que li, é uma média de 150°C (+ou- 320°F). Porém não vi falarem no tempo. Há algo a observar o qual perceba-se que o Kydex está em um ponto bom para ser moldado?
    Grato pela atenção.

    • ivancampos disse:

      Bem, como nunca usei forno elétrico, não posos lhe dizer mas sugiro que você comece com uma temperatura bem baixa e depois vá subindo para não passar do ponto.

  10. mauri disse:

    Adorei seu tutorial, estou querendo fazer uma bainha desta para mim,vc poderia me passar o contato do fornecedor da chapa de kydex se for possível.. obrigado

    • ivancampos disse:

      Olá, Mauri

      Tenho comprado meu kydex de fornecedores do E-bay, que costumam ser mais baratos que os sites especializados em materiais para Cutelaria. No Brasil, infelizmente, não há nenhum fornecedor.
      Boa sorte com seu projeto!

  11. Frab Norberto Boscolo disse:

    Bom dia Ivan gostei muito do seu tutorial e gostaria de adquirir umas placas de kydex você poderia me orientar onde comprar essas placas? e como?
    Um grande abraço
    Frab

    • ivancampos disse:

      Infelizmente, não há fornecedor de kydex que eu conheça no Brasil mas você vai encontrar diversos nos EUA. Basta procurar no Ebay – os fornecedores que anunciam lá costumam ter preços melhores que os suppliers especializados em Cutelaria.

  12. Gian Carlo disse:

    Sensacional o tutorial Ivan! Começando agora uma produção de faca como hobby, e foi muito bom achar seu tutorial!
    Grande abraço irmão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s